Home Embaixador Embaixada Relações bilaterais China ABC Serviço Consular Contactos  
 
 
 
 
  Home > Notícias
 
 
  Redução da poluição do ar enfrenta desafios na China
 
  ( 2014/06/17 )
 
 

A China está ainda enfrentando grandes desafios na melhora da qualidade do ar em todo o país, disse hoje Li Ganjie, vice-ministro chinês da Proteção Ambiental.

Apenas três cidades, ou 4,1% das 74 grandes cidades chinesas sujeitas ao monitoramento de qualidade do ar, satisfizeram o padrão nacional para o ar de boa qualidade em 2013, disse Li em uma entrevista coletiva.

As dez cidades mais poluídas em 2013 incluíram sete na Província de Hebei (norte do país), assim como Jinan, capital da Província de Shandong (leste); Xi'an, capital da província de Shaanxi (noroeste); e Zhengzhou, capital da Província de Henan (centro). A maioria das cidades localiza-se perto de Beijing.

Li pediu mais atenção às áreas importantes da estrutura industrial, eficiência energética, emissão de veículos e poeiras de locais de construção na melhora da qualidade do ar.

A acumulação de poluentes do ar como dióxido de enxofre e óxido nítrico também conduz à chuva ácida, que afeta principalmente as áreas ao longo do Rio Yangtze e as regiões no sul de seus recursos médio e inferior, representando 10,6% da terra nacional total.

A China emitiu um plano de ação de cinco anos para lidar com a poluição do ar.

O plano, divulgado pelo governo central em setembro de 2013, estipula a redução do uso de carvão, a diminuição da densidade do material em partículas inaláveis e o fechamento de empresas poluentes.

Li destacou também a importância da divulgação imediata da informação e a participação do público na proteção do ar.

 
 


Suggest to a Friend
       Print
E-mail to us