Home Embaixador Embaixada Relações bilaterais China ABC Serviço Consular Contactos  
 
 
 
 
  Home > Notícias
 
 
  Mídia japonesa critica projeto do gabinete que visa o cancelamento da proibição do direito de auto-defesa colectiva
 
  ( 2014/06/30 )
 
 

No dia 27 de junho, o governo japonês apresentou ao partido no poder o projecto do gabinete que visa o levantamento do embargo do direito a auto-defesa colectiva e planeja o lançamento oficial da resolução no dia primeiro de julho. No dia 28, as principais mídias japonesas criticaram o conteúdo essencial do projeto.

No editorial, o Mainichi Shinbun disse que o conteúdo principal do projeto visa permitir o uso da força se os países que têm relações estreitas com o Japão forem alvo de ataques, e caso os direitos dos cidadãos japoneses estejam em perigo óbvio. No entanto, os critérios de "relações estreitas" e "perigo óbvio" são ambíguos, o que dá ao governo a possibilidade de expandir a sua interpretação sobre as palavras de acordo com as suas necessidades.

O Tokyo Shimbun apontou no editorial que o governo de Abe Shinzo não respeita a vontade da opinião pública e insiste em apresentar as "três condições para o uso da força", cuja a intenção é permitir a utilização da força pelos soldados de auto-defesa no exterior. No entanto, muitas guerras foram lançadas em nome da "auto-defesa". É necessário lembrar as lições da história, disse o artigo.

 
 


Suggest to a Friend
       Print
E-mail to us