Home Embaixador Embaixada Relações bilaterais China ABC Serviço Consular Contactos  
 
 
 
 
  Home > temas actuais
 
 
  Li Keqiang promete não deixar que China seja afetada por risco financeiro regional e sistemático
 
  ( 2014/03/12 )
 
 

O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, afirmou nesta quinta-feira (13), em Beijing, que o país terá que reforçar a supervisão, de forma a diminuir o risco financeiro regional e sistemático.

Na coletiva à imprensa no final da segunda sessão anual da 12ª Assembléia Popular Nacional (APN), Li Keqiang disse que tem acompanhado as reportagens publicadas pela imprensa internacional desde do ano passado sobre os riscos da economia chinesa. Mas, mesmo neste contexto, a China cumpriu com a meta prevista de crescimento econômico.

Li Keqiang frisou que a China sempre acompanha o risco financeiro e da dívida, revisando a dívida pública e publicando o resultado, o que demonstra que o risco da dívida é controlável e que a taxa de endividamento está dentro da linha de alerta reconhecida internacionalmente. Por outro lado, Li Keqiang afirmou que a China não vai ignorar os riscos existentes e está a adotar medidas reguladoras.

Li Keqiang disse que a China está a reforçar a supervisão dos riscos financeiros como o "banco de sombra" e organizou uma agenda para promover as medidas supervisionadas nos termos do Acordo de Basileia III.

 
 


Suggest to a Friend
       Print
E-mail to us