Home Embaixador Embaixada Relações bilaterais China ABC Serviço Consular Contactos  
 
 
 
 
  Home > temas actuais
 
 
  China investe milhões para proteger Patrimônio Mundial de Koguryo
 
  ( 2014/07/17 )
 
 
A China investiu 280 milhões de yuans (cerca de US$ 45,5 milhões) para proteger as relíquias do antigo Reino de Koguryo desde que a UNESCO as declarou Patrimônio Mundial, dez anos atrás.

De quase 2.000 anos, as propriedades do patrimônio cultural em Ji'an, um pequeno distrito na Província de Jilin, no nordeste da China, consistem nas cidades-montanhas de Wunu e Wandu, na cidade de Guonei, na Estela do Rei Haotaiwang e em 38 tumbas de reis e nobres de Koguryo.

Dong Feng, diretor da Administração de Patrimônio Cultural de Ji'an, disse à Xinhua que a verba beneficiou mais de 20 projetos, incluindo preservação de murais de tumbas, obra antivazamento na tumba do Rei de Kogurgo, proteção da cidade-montanha de Wandushan e construção do Museu de Ji'an.

Mais de 1.000 relíquias culturais estão sendo exbidas no museu de 6.400 metros quadrados, disse Dong.

Jin Xudong, chefe da Administração Provincial de Patrimônio Cultural que dirige o trabalho arqueológico, disse que o patrimônio de Koguryo foi o primeiro sucesso da China na proteção de um grande sítio de patrimônio histórico.

Consagrado como um grande exemplo da evolução de pedras sobrepostas e construção de tumba de barro, o local representa a criatividade humana na Idade Média, de acordo com a avaliação do Comitê de Patrimônio Mundial.

Muitas pessoas visitam Ji'an todo o ano. Em 2013, o turismo gerou 20% do Produto Interno Bruto da cidade, mostraram as estatísticas oficiais.

 
 


Suggest to a Friend
       Print
E-mail to us