Home Embaixador Embaixada Relações bilaterais China ABC Serviço Consular Contactos  
 
 
 
 
  Home > temas actuais
 
 
  China promove ônibus de novas energias em Beijing
 
  ( 2014/11/04 )
 
 
As autoridades chinesas lançaram no dia 22 um plano que requer que as cidades altamente poluídas de Beijing, Tianjin e da Província de Hebei ponham em funcionamento mais ônibus alimentados por novas energias para reduzir a contaminação.

A China procura promover o uso de 20.222 automóveis de novas energias no sistema de transporte público da região de 2014 a 2015, de acordo com o plano emitido de forma conjunta por sete departamentos, incluindo o Ministério da Indústria e Informatização e a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma.

Para o fim de 2015, os veículos de novas energias devem representar pelo menos 16% do total de ônibus nessas regiões, segundo o plano. Estima-se que o número de estações de carga suba para 19.657.

O anúncio é o mais recente esforço do governo para combater a cada vez mais séria contaminação na zona.

Beijing e oito de suas cidades vizinhas se encontram entre as 10 cidades chinesas com a pior qualidade do ar no terceiro trimestre deste ano.

A região Beijing-Tianjin-Hebei registrou em média a contaminação do ar em 45% dos dias do terceiro trimestre, segundo as informações emitidas na terça-feira pelo Ministério da Proteção Ambiental.

O ministério não indicou quais foram os principais poluentes na região, embora um relatório divulgado em agosto indicou o ozônio e as partículas finas com diâmetro de 2,5 micrômetros ou menos (PM2,5).

A China começou a incluir as partículas PM2,5, um indicador fundamental da contaminação do ar, e o ozônio em seu novo padrão de qualidade do ar de 2013, depois que uma série de períodos asfixiantes de smog gerou inquietação do público.

A região Beijing-Tianjin-Hebei outra vez ficará envolta por smog a partir da quinta-feira, previu o observatório local.

 
 


Suggest to a Friend
       Print
E-mail to us