Home Embaixador Embaixada Relações bilaterais China ABC Serviço Consular Contactos  
 
 
 
 
  Home > temas actuais
 
 
  Governo chinês quer mais investimentos privados e estrangeiros em importantes setores socioeconômicos
 
  ( 2014/11/27 )
 
 

O governo chinês anunciou hoje (26) uma nova política, em que os setores de aeroporto, ferrovia, energia nuclear, cuidados geriátricos e outros três aspectos, vão ser mais abertos aos investimentos privados e estrangeiros. Funcionários responsáveis revelaram que o objetivo é fazer com que os investimentos e a economia desenvolvam de maneira mais sadia e sustentavel.

O vice-diretor do Departamento de Investimentos da Comissão Nacional para Desenvolvimento e Reforma da China, Ou Hong, disse à imprensa:

"O governo chinês libera agora sete importantes setores para investimentos não estatais, com as medidas para diminuir restrições de mercado, reformar o mecanismo de operação e de financiamento, aumentar canais de atração de investimentos, melhorar as maneiras do uso de investimentos do governo, e garantir a capacidade lucrativa dos projetos."

Em 2014, o governo chinês vem alargado as políticas para atrair mais investimentos sociais. Os processos de solicitações e de autorizações de muitos projetos já foram simplificados. Essa nova política de hoje focaliza em alguns setores delicados do desenvolvimento socioeconômico da China, tais como a proteção ambiental, tratamento da poluição do ar, construção de ferrovias no oeste do país etc. Ou Hong apontou que, sob o contexto de que a economia chinesa desacelera e o governo não tomará muitas medidas incentivas, tal política é uma maneira muito efetiva para atrair investimentos:

"Atraímos mais investimentos para estas importantes e grandes obras com o fim de melhorar a reestruturação econômica e fortalecer os setores mais fracos, para criar uma boa base ao desenvolvimento de longo prazo. Nestes aspectos, o mercado e os investimentos sociais têm uma grande potencialidade, o que o governo precisa fazer é utilizar bem as funções deles."

Ou Hong sublinhou ainda que o governo chinês estimula investimentos mistos nas áreas em cima referidas e vai retribuir os investidores com lucros razoáveis.

As maneiras de investimentos também são variadas. Os funcionários concernentes afirmaram que os investimentos não-governamentais podem criar fundos relacionados a algumas indústrias, e podem também cooperar com o governo em alguns produtos públicos. O diretor do Departamento da Sociedade da Comissão Nacional para Desenvolvimento e Reforma da China, Wang Wei, disse:

"Os projetos de saúde e de cuidados geriátricos vão encorajar os investimentos sociais e cooperar com o governo ao participarem da construção dos projetos. Além disso, todos os setores em que as leis não façam restrições, vão ser abertos aos investimentos não-governamentais, passo a passo."

Ele ainda revelou que a organização de eventos esportivos comerciais e populares não precisará mais de autorizações dos departamentos governamentais.

 
 


Suggest to a Friend
       Print
E-mail to us